Não fui reformado! Fui transformado por Deus!

Nesse blog não fazemos proselitismo. Esse é um blog pentecostal voltado para pentecostais.
Veja na Bíblia os 5 PONTOS DO ARMINIANISMO. E veja aqui mais itens sobre Arminianismo.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Sou Evangelical

Sou Evangélico!!!

O cristianismo é usualmente dividido em 3 grandes grupos (católicos, ortodoxos e protestantes).
E no meio protestante existem 3 grandes movimentos:
- Evangelicalismo (evangelicais ou evangelicalistas);
- Liberalismo (liberais);
- Fundamentalismo (fundamentalistas);

(Mais detalhes aqui:http://confraria-pentecostal.blogspot.com/2008/07/3-grandes-movimentos-teolgicos.html)

No Brasil esses 3 movimentos, e também os grupos para-protestantes, são comumente designados como "evangélicos":
- A igreja Deus é Amor com todo o seu fundamentalismo é chamada de evangélica.
- A igreja Anglicana em sua vertente mais liberal também é chamada de evangélica.
- Até mesmo as igrejas-gay no Brasil são designadas como evangélicas.
- A igreja Universal com todo o seu sincrentismo e apelo financeiro também é referida como sendo evangélica.

Ou seja, o termo "evangélico" serve para designar todos os protestantes. Mas as seitas (Universal, Testemunhas de Jeová, Mómons, As Maravilhas de Jesus...) não deveriam ser designadas como evangélicas porque não são protestantes.
O resultado disso é que os legítimos "evangélicos" acabam sendo criticados injustamente. Acabamos sendo confundidos com grupos bastante questionáveis e dos quais também discordamos.

Atualmente quando alguém se identifica como evangélico logo se pensa em exploração financeira e manipulação. O movimento evangélico herdou esse estereótipo da Igreja Universal do Reino de Deus que nada tem de evangélica (no sentido estrito). Infelizmente esse estereótipo causa muita resistência na hora de pregarmos o evangelho genuíno.

Vale dizer que há países onde se apresentar como evangélico é visto como sinônimo de pessoa íntegra, honesta e decente. No Brasil o termo "evangélico" foi distorcido pelo uso indevido por parte das seitas.

Sou Evangelical!!!

Recentemente o Bispo Robinson Cavalcanti abordou esse tema no artigo: Pseudo-pentecostais: nem evangélicos, nem protestantes.
[http://www.ultimato.com.br/?pg=show_artigos&artigo=2177&secMestre=2271&sec=2289&num_edicao=314]

Há um "bloco histórico" formado por reformados e pentecostais, arminianos e calvinistas, que preservam a ortodoxia bíblica (contra os males do liberalismo e do fundamentalismo) e que prezam pela decência e integridade (repudiando todo tipo de exploração finaceira e comércio da fé).(Vide Manifesto pela Decência aqui:http://confraria-pentecostal.blogspot.com/2008/11/destaque-de-novembro-manifesto.html)

Esse "bloco histórico" precisa ser diferenciado dos demais de forma a facilitar nosso testemunho cristão. O Evangelicalismo (movimento evangelical) precisa ser devidamente percebido e distinguido pelos brasileiros.

Têm-se usado o termo "evangelicalista" ou "evangelical" para designar o evangelicalismo em contraste com o termo "evangélico" que tem conotação mais abrangente.
[Vide um exemplo: http://www.cristianismohoje.com.br/artigo.php?artigoid=33428]

Embora haja reformados "ortodoxos" que não se consideram parte do movimento evangelical, a grande maioria se identifica com esse movimento. Por exemplo: a Assembléia de Deus, a Igreja Batista (CBB) e a Igreja Presbiteriana do Brasil são evangelicais.

Pode-se dizer que todos os evangelicais são evangélicos, mas nem todos os evangélicos são evangelicais.
Por exemplo:
- a Igreja Deus é Amor é evangélica, mas não é evangelical.
- a Igreja Universal não é nem evangélica, nem protestante e muito menos evangelical.

Quando alguém lhe perguntar: "Qual sua religião?"
Você pode dizer: "Sou Evangelical. É uma vertente bíblica e íntegra dentro do segmento evangélico".
A menos é claro que você seja liberal, fundamentalista ou para-protestante (pseudo-pentecostal).

Para conhecer algumas diferenças clique aqui:
http://dl.dropbox.com/u/6819627/Confraria/Pentecostais/03_Quadro_Comparativo_Movtos.pdf.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

LIVRE-ARBÍTRIO

LIVRE-ARBÍTRIO

Uma pessoa que diz que livre-arbítrio e depravação humana são inconciliáveis provavelmente não sabe o que é livre-arbítrio! Não podemos cair no falso antagonismo que o calvinismo sugere.

Antes que digam que eu não sei o que é Depravação do Homem vamos conceituar de uma forma objetiva:
Depravação do homem é a incapacidade de chegar-se a Deus sem ajuda do Espírito Santo.
O arminianismo também crê nisso (pasme você!).

O livre-arbítrio não é:
- livrar-se por si próprio do pecado;
- buscar a Deus por iniciativa própria;
- crer em Jesus por suas próprias forças;
- capacidade inata de escolher a salvação sem o Espírito Santo
- muito menos ver a fé como característica inata do homem;

O livre-arbítrio é a liberdade de responder ao chamado de Deus.
A fé é um presente de Deus.
Presentes você pode aceitar ou recusar.


Infelizmente a posição arminiana é também chamada de "depravação parcial" o que dá a falsa impressão de que a pessoa tem alguma capacidade de escolher a salvação sem ação do Espírito Santo. Não é isso!
O arminianismo também entende que a depravação é total, mas admite que o homem pode responder ao chamado divino (aceitar ou rejeitar). É apenas por isso que a posição arminiana é chamada de "depravação parcial".

ASSUNTOS QUE COSTUMAM CAUSAR CONFUSÃO:

"Imago Dei"

O homem tem ainda a imagem de Deus (parcial) ou ela foi totalmente perdida?Normalmente entende-se que o ímpio consegue fazer o bem (ex.: ser solidário) porque há resquiços da Imago Dei nele. Isso não significa que o homem possua alguma capacidade de crer em Jesus sem ajuda de Deus.

"Graça Comum"
A graça comum refere-se às dádivas que mesmo os ímpios recebem de Deus (vida, sol, chuva, etc...).Isso não significa que o homem possua alguma capacidade de crer em Jesus sem ajuda de Deus.

"Sede Espiritual"
Todo ser humano nasce com sede espiritual, o que explica a quantidade de religiões existentes no mundo.Apesar de existir essa sede espiritual intrínseca, somente pela ação do Espírito Santo um homem consegue crer em Jesus.Costuma-se entender essa sede como resquiços da "Imago Dei".

A boa notícia é que o Espírito Santo quer salvar a todos e trabalha pela salvação de todos. Cabe a cada um responder ao chamado.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Temos muito em comum... Cristo!

Arminianos e calvinistas tem mais semelhanças que diferenças...
Nós arminianos concordamos com o que Pipper diz nesses vídeos:



terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Crianças indígenas enterradas vivas

ASSISTA AO FILME HAKANI


(Filme produzido pela JOCUM - Campanha Internacional)

Os cristãos tem se mobilizado para acabar com essa prática e tem sofrido forte resistência de algumas autoridades.
http://www.hakani.org/
http://www.hakani.org/pt/down_envolva/campanha_lei_muwaji.doc

Curiosamente há quem defenda essa prática dizendo que deve-se preservar a "cultura indígena". Ignoram o fato de que os próprios índios não querem mais isso, mas são obrigados a obedecer os caciques.

Os críticos acusam os missionários de interferir na cultura indígena. Esquecem que estamos falando de vidas humanas e não de danças e artesanatos.