sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Legalismo, Graça e Hipergraça

LEGALISMO, GRAÇA E HIPERGRAÇA
Cuidado com as meia-verdades do Legalismo e da Hipergraça!!
Há muitos pregadores e igrejas caindo nesses dois enganos sutis.



Hipergraça
Graça
Legalismo
Salvação &
Justificação
Pela fé em Cristo somente
Pela fé em Cristo somente (Ef 2.8-9; Rm 3.28)
Pela fé mais as obras da Lei
Perdão dos Pecados
Na cruz fomos perdoados totalmente: passado, presente e futuro. Estamos seguros em Cristo.
Na cruz fomos perdoados totalmente: passado, presente e futuro (Heb 9.12,26). Estamos seguros em Cristo.
Precisamos obedecer para merecer o perdão. Comunhão com Deus perdida a cada pecado.
Conversão & Reconciliação
Fé em Cristo
Arrependimento e Fé em Cristo
(Atos 2.38)
Arrependimento, Fé e Observância de Leis
Cristo
Salvador e Senhor
Salvador e Senhor – deve ser obedecido
(Lc 2.11)
Salvador e Senhor – Modelo de obediência
Regeneração
Na conversão recebemos uma nova natureza.
Na conversão recebemos uma nova natureza. (Jo 3.3-7)
Na conversão recebemos uma nova natureza.
Obediência à Lei de Deus
Não temos lei. As palavras de Jesus não se aplicam aos crentes da Nova Aliança.
Sob a Lei de Cristo (1Co 9.21)
Sob a Lei de Moisés
Aprendizado da Verdade
Só precisamos do Espírito Santo.
Instruções pastorais são vistas como “regras religiosas”.
Precisamos:
- do Espírito (Jo 14.26);
- da Bíblia (2Tm3.16) e;
- dos Líderes (Ef 4.11 e 2Tm 3.10).
Precisamos da Bíblia, dos Líderes e do Espírito Santo.
Santificação
Já somos totalmente santos. Não precisamos fazer mais nada.
Na conversão nos tornamos santos e somos chamados a crescer em santidade (1Co1.1-3; Hb 10.10-14)
Santidade alcançada pelo esforço próprio.
Pecado
Não precisamos lutar contra o pecado.
Lutamos contra o pecado (Heb 12.4). Fomos libertos da condenação (Rom 8.1) e agora estamos sendo libertos do poder do pecado (Rom 6.11-16) pela fé.
Lutamos contra o pecado.
Purificação
Não precisamos confessar pecados.
Precisamos confessar (1Jo 1.9) e pedir perdão quando pecamos (Mt 6.12; 2Tm 2.25)
Confissão seguida por tentativas de mérito (jejum, etc)
Bênçãos
Somos abençoados independente do que fizermos pois temos a justiça de Cristo em nós.
Somos abençoados (Gal 3.9) e temos uma herança para desfrutar (Rom 8.17; Gal 4.1-7).
As promessas de Deus são alcançadas pela fé (1Tm6.12). E os mandamentos são obedecidos pela fé (Rom 1.5). A obediência gera recompensas aqui na Terra (Mt 6:4-18; Gal 6:7-10; Salmo 58.11) e no porvir (Mt 16:27; 2Co 5.10). Mas a graça vai muito além do que semeamos (Ef 1.3;1Co2.9)
Precisamos obedecer para merecer as bênçãos.
Oração e Jejum
São práticas úteis somente para nos rendermos à Cristo (renovar a mente). Pedir bênçãos é visto como pouco espiritual.
São meios de a graça nos alcançar (Mt 6.6-18) pois nos colocamos na dependência dEle. Recebemos direção (At 13.1-3) e bênçãos (Mt 7.11; Mc11.24; At4.24ss)
São obrigações e formas de merecer as bênçãos. Muitos se acham superiores pela sua consagração.
O Amor de Deus
Ele ama a todos incondicionalmente.
Ele ama a todos incondicionalmente. (João 3.16).
Ele ama aos que obedecem.
A Graça de Deus
Está liberada para todos. Podemos aceitar ou resistir.
Está liberada para todos (Tit 2.11): podemos aceitar ou resistir. (1Tm 4.10)
Está liberada para todos. Podemos aceitar ou resistir.
Agradar a Deus
Agradamos a Deus pela fé somente pois pela fé fomos declarados justos.
Agradamos a Deus pela fé (Heb 1.6) que resulta na obediência que O agrada (1Jo 3:21-22; Col 1:10). Fomos declarados justos (Rom 5.19) e chamados à obediência (1 Pe1.2; 2 Jo1.6; Jo 14.15)
Agradamos a Deus pela fé que resulta em obediência.
Temor a Deus
Enfatizam o amor e não falam do temor.
Deus deve ser temido (Hb 10.29-31; 12.28; Fil 2.12).
Enfatizam a ira e juízo de Deus.


Nenhum comentário: