Não fui reformado! Fui transformado por Deus!

Nesse blog não fazemos proselitismo. Esse é um blog pentecostal voltado para pentecostais.
Veja na Bíblia os 5 PONTOS DO ARMINIANISMO. E veja aqui mais itens sobre Arminianismo.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

A Diferença na Prática - 3

Calvinismo e Arminianismo na Prática
Apresentando as boas-novas do evangelho...

O calvinista evangelizando:
"Deus é um Deus irado! Deus vai queimar os pecadores no inferno! E Deus ama apenas os eleitos! Tomara que você seja um deles."

O arminiano evangelizando:
"Hoje é o tempo da salvação! Deus ama todos vocês e quer salvá-los! Arrependam-se dos seus pecados e escapem da ira vindoura!"

João:3:16: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, PARA QUE todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Ap:6:17: Porque é vindo o grande dia da sua ira; e quem poderá subsistir?

12 comentários:

(-V-) disse...

Cleber,
Logo, postarei algo sobre João 3:16. E acho que você não vai gostar.

Mas, só um fato interessante. Hoje, do que eu tenho ouvido de pregações, só tenho ouvido o Evangelho da boca de calvinistas como John Piper, Paul Washer. Você poderia, por favor, citar (na internet para eu poder ver) um pregador arminiano que pregue Evangelho de Jesus Cristo?

Quanto à postagem, desculpe-me, mas foi tão ridícula que nem merece ser discutida. Parece-me que você não sabe (ou finge não saber) que dentro do próprio calvinismo existe algo chamado: “nós, humanos, não sabemos quais são os eleitos, e Deus nos manda pregar o evangelho a toda criatura e fazemos isso com a certeza, a qual vocês arminianos não podem possuir, de que os eleitos serão regenerados pelo Espírito Santo e se arrependeram e creram; já os não-eleitos, por não serem regenerados pelo Espírito, não se arrependeram e não creram, já que possuem um coração de pedra, e serão condenados também por isso (lógico que já estão condenados pelo pecado original e pelos pecados que cometeram em vida).”

OK, eu já sei que você vai falar que você quer mostrar as incoerências dentro do calvinismo e bla bla bla. Agora, imagino que você estivesse tentando fazer uma caricatura. Então, deixe-me fazer uma também:

O arminiano evangelizando:
"Hoje é o tempo da salvação! deus ama todos vocês e quer salvá-los! Mas Ele é um deus tão fraco que ele não é capaz de fazer o que ele quer. Ele depende de você, ó homem. Deus está sentado no trono de papel machê dele, com a coroa de papel dele, só esperando para você tomar uma atitude, porque ele trancou seu coração pelo lado de dentro e tirou a maçaneta da parte de fora. Sendo assim ele é incapaz de fazer algo sem tua aprovação, ó soberano homem. Mas, ó poderoso homem, se você quiser você pode se arrepender dos seus pecados e escapem da ira vindoura! Eu sei que acabei de falar que Deus não pode tocar no teu livre-arbítrio, mas ele pode te julgar mesmo assim, viu!"

Você deve estar achando ridículo eu distorcer tanto o arminianismo. Como é que Jesus disse mesmo:
Assim, em tudo, façam aos outros o que vocês querem que eles lhes façam; pois esta é a Lei e os Profetas. Mt 7:12

Voltemos ao Evangelho,
Vini

Ednaldo disse...

Cleber não descaracteriza a pregação calvinista.

Vá a uma Igreja Presbiteriana perto de você e assista a um culto. :D

Cleber disse...

Vini,
vá a qualquer Assembléia de Deus ou qq igreja pentecostal séria que vc tbm vai ouvir o Evangelho devidamente pregado.

Vini,
na ótica calvinista se vc pregar o evangelho a uma pessoa no trabalho e ele não for um dos eleitos, vc perdeu tempo.
Pro arminiano valeu a pena pois sempre há a chance real de conversão.

Mano, nesse post eu quis mostrar um calvinista coerente.

Graças a Deus sei q a maioria dos calvinistas evangelizam crendo que Deus ama a todos e quer salvar a todos.

Cleber.

Cleber disse...

Ed,
nesse post eu quis mostrar um calvinista coerente.

Graças a Deus sei q a maioria dos calvinistas evangelizam crendo que Deus ama a todos e quer salvar a todos.

Cleber.

(-V-) disse...

Cleber,

Um calvinista coerente evangeliza. Aliás, a cidade que mais mandou missionários na história do Cristianismo moderno foi Genebra.
Assustador, não?

E falando em coerência: Um arminiano coerente crê em teísmo aberto. (eu sei que você vai negar)

Quanto às igrejas:
1) eu pedi na internet para eu poder ver.
2) desculpa, mas o que colocam na TV da Assembléia realmente não é pregação do evangelho. E se é para eu achar que todas as Assembléias são como as que aparecem na TV (coisa que não creio) prefiro nem ir.

Vini,
na ótica calvinista se vc pregar o evangelho a uma pessoa no trabalho e ele não for um dos eleitos, vc perdeu tempo.
Pro arminiano valeu a pena pois sempre há a chance real de conversão.

Engraçado, arminianos crêem na predestinação (condicional). E se Deus já previu o que ia acontecer, como pode acontecer outra coisa senão o que Ele previu?
Então vocês também "perdem tempo"!

Mas não se preocupe. Como te mostrei Isaías foi o maior "desperdiçador" de tempo.
Moisés também. Imagina ficar falando com um faraó que com certeza ia ter o coração duro.

Novamente, (estou cansando de repetir isso aqui) quem nega a responsabilidade de evangelismo é o hiper-calvinismo.

Ednaldo disse...

Paz Cleber,

Me desculpe irmão, mas você não está tentando ser coerente. Você está tentando impor ao calvinismo algo que ele não é.

Você escreveu ao Vini, "na ótica calvinista se vc pregar o evangelho a uma pessoa no trabalho e ele não for um dos eleitos, vc perdeu tempo.
Pro arminiano valeu a pena pois sempre há a chance real de conversão."

Totalmente errado, pois a Palavra de Deus nos diz que somos o bom cheiro de Cristo nos que se salvam e nos que se perdem (2Co 2:15), um calvinista jamais achará que perdeu tempo pregando a quem quer que seja.

Já um arminiano ao não ver conversões, se desespera, e certamente tenderá para o pragmatismo, porque para ele a sua pregação está sendo insuficiente.

O grande problema é que você ainda não entendeu ou simplesmente não quer entender o calvinismo, e fica fazendo caricaturas.

Acho interessante um fato histórico, quando a grande maioria das igrejas eram de posição calvinista e pactual, a sociedade muitas vezes foi transformada, porém com o crescimento do arminianismo e dispensacionalismo isso já não acontece mais, porque será? Mas temos que dar Graças a Deus, pois está despertando seu povo para as verdades expostas nas Escrituras. Queira você ou não o calvinismo está crescendo, pessoas estão compreendendo que a caricatura que pintaram não é o que o calvinismo prega.

Por ultimo, como você sempre apela para coerncia, se você também quiser ser coerente terá que evangelizar da forma que o Vini expôs, você evangeliza dessa forma?

Em Cristo,

Ednaldo.

Cleber disse...

Vini,
sei que calvinistas evangelizam...
quis apenas mostrar como seria um discurso evangelístico calvinista.

Mas sei que na prática os calvinistas evangelizam da mesma forma que os arminianos.

Cleber.

Cleber disse...

Ed,
os calvinistas sempre olham o passado. Mas veja: até os católicos do passado eram mais "íntegros" que os de hoje.

Eu prefiro olhar para o hoje.

O que é q estamos fazendo hoje?
E aqui não se trata de arminianos ou calvinistas.

O q nós, Igreja do Senhor, estamos fazendo?

Veja q sou arminiano, mas isso não me impede de adotar várias posturas éticas como as que expus no manifesto por decência.

Infelizmente tem faltado discipulado.

Mas será que apenas os arminianos tem enfrentado esses problemas na igreja de hoje?

Pelo que conheço das igrejas presbiterianas a resposta é um sonoro não.

Cleber.

(-V-) disse...

O que é q estamos fazendo hoje?

Nisto, concordo com você Cleber. Tanto no meio calvinista e no meio arminiano (lógico que isso é uma generalização passível de injustiças) houve uma redução do Evangelho.
Por exemplo, o Paul Washer é calvinista, crê em Graça Soberana e Incondicional, e tem chamado as pessoas a voltarem à grandeza do Evangelho pregando o verdadeiro Evangelho. E ele faz isso normalmente em meios calvinistas.
Ele alega (e eu concordo) que a maioria das igrejas calvinistas juntou duas doutrinas e per-deu as duas: certeza da salvação e perseverança dos santos (não sei se você crê no 5º ponto do arminianismo). E isso foi transformado em: “aceite Jesus no seu coração e você vai pro céu”.
Lógico que eu vejo que o “aceite Jesus...” não é só um problema das igrejas calvinistas, mas também das arminianas. Nosso evangelismo foi reduzido, nosso Evangelho foi reduzido. E é por isso que não vemos mais poder genuíno do Espírito Santo, que é poder transformador de vidas.
Você afirmou que falta discipulado. Eu concordo e discordo. Não nego a necessidade e o mandamento do discipulado, mas creio que o problema está mais no púlpito do que em qualquer outra coisa. Nossos discipulados de vez de serem discipulados foram transformados em como fazer um bode se comportar como uma ovelha.
Nós precisamos Voltar ao Evangelho [momento propaganda rsrs]

Abraços,
Vini

Anônimo disse...

Amado Pr. Cleber, gosto muito de seus escrito, li 80% de seu blog, e concordo muito com sua posição de viés arminiano.

Gostaria que me tirasse uma dúvida. No meio pentecostal, vemos muitas profecias direcionadas a uma pessoa com o teor: te escolhi desde o ventre de sua mãe.

Essas profecias de eleição do ventre não teria a ver com a predestinação, visto que um feto não teria fé para aceitar o convite do Espírito Santo a crer em Jesus e segui-lo?

Gostaria muita de uma resposta, se possível. Deus te abençoe ricamente.

Abraço fraterno.

Andry Bastos

Cleber disse...

Oi Andry,
Já ouvi profecias assim e sempre entendo que se referem ao chamado ministerial.

Creio que cada ser humano é escolhido por Deus para um propósito (missão) nessa Terra.
Trata-se da escolha para um serviço.

Se a pessoa vai cumprir esse chamado ministerial vai depender de como ela vai responder ao Espírito Santo.

Creio que cada ser humano (mesmo os incrédulos) tem um propósito desejado por Deus, assim como nós fazemos planos para nossos filhos.

Porém muitos não ouvem a voz do Espírito. Conheço pessoas escolhidas por Deus para trabalhar como pastores e missionários e que recusaram esse chamado.

Uma coisa é o chamado da salvação. Outra coisa é o chamado para servir.

Fui escolhido desde o ventre da minha mãe para ser pastor.
E estou cumprindo esse chamado ministerial.

Abraços mano!

Anônimo disse...

A Paz Pastor!

Deus te deu o ministério para ser mestre nas Escrituras! Me respondeu de uma forma tão simples essa duvida que tinha por muito tempo! Deus te abençoe meu irmão!

Abraço fraterno,

Andry Bastos